Dedico e dirijo este blogue a todos aqueles que tiverem passado (ou estiverem a passar) por histórias de cancros, quer como protagonistas, quer no papel de acompanhantes na luta contra a doença, mas espero por cá encontrar qualquer contributo que qualquer um considere válido.
A intenção principal é trocar experiências de forma direta e sincera, sem necessidade de qualquer apoio no escudo da força constante e do pensamento sempre positivo, que tantas vezes não estão presentes, mas parece haver uma imposição social para que assim seja...
Sejam bem-vindos! E divulguem este blogue!

Por aqui, discorre-se sobre:

... Acompanhamento Psicológico Ajudar quem Ajuda Alertas Alimentação Alopécia Antes e Depois Aquisições autoestima Brincadeira Cancro da Mama nos Homens Cansaço Chamar os bois pelos nomes Cirurgias Cirurgias de Amigas Codependência Coisificação nas Doenças Prolongadas Complicações Pós-operatórias Consultas Conviver Cumplicidade Dar / Receber a Notícia Desafios Desânimo Desejos Desespero Despedida Diagnóstico Dicas Dieta Distinções Efeitos Secundários de Medicação Emagrecer Encontros de Amigas Esclarecimento Esperança Estilo de Vida Estímulos Exteriores Exames Pré-operatórios Exemplos Famosos Com Cancro Feminilidade Filosofia de Vida Pós Doença Fisioterapia Fracassos Gang da Mama histerectomia Histórias de Luta Hormonoterapia Hospitalizações Humor Implicações Psicológicas Incongruências Informação Lingerie Correta Lingerie Pós-Operatória Medos Meios Complementares de Diagnóstico Meios de Diagnóstico Menopausa Depois do Cancro da Mama Modos de ser Mudanças na Vida Natal Nova Normalidade Novas Amizades Novidades O Cancro em Pormenores O Cancro Não é Só uma Doença; é um conjunto de doenças O Cancro Não é Só uma Doença; é um conjunto de doenças; efeitos secundários da medicação Ocupação em Tempo de Baixa Os cancros dos amigos e familiares Palavras Alheias a Propósito do Propósito Parabéns Partilhar a Doença Perdas Pós-cirurgia Pós-operatórios Prazer em encontrar quem nos entende Prazeres Prevenção Prevenção de Recidivas Processo de Recuperação Projetos de Sensibilização Quimioterapia Radioterapia Rastreio do Cancro da Mama Reações Alheias Reações Pessoais Reconstrução Mamária Regresso à normalidade Regresso ao Trabalho Sentimentos negativos Sexualidade Sinais Sintomas Solidão Tamoxifeno Terapias Toque Tram Flap Tratamentos Verdade Verdadinha Vitórias Vontade de ter poder sobre a doença

riscos marcantes

riscos marcantes

NOTE BEM

No dia 11.1.11, este blogue passou a ser escrito à luz do Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Estou muito cansada da dor!!!

Veio o tempo fresco e a minha mama reconstruída à custa de uma puxadela do músculo grande peitoral para a frente da prótese, com uma boa camada de radioterapia em cima do próprio e da pele... desatou a queixar-se amargamente. Estou inconsolável. Eu sei que há milhões de pessoas pior do que eu, mas há alturas em que não consigo imaginar como é que vou viver para sempre como se tivesse vestido um sutiã meia-dúzia de números abaixo do meu e quando, já no máximo da aflição, vou para o tirar com vista a aliviar-me, caio redonda, porque não há nada para tirar! Tomo analgésicos fortes. É a minha única hipótese. Rebento com os rins e o fígado - ainda mais!
Desculpem o desabafo. Eu sei que não vos "ouço" queixar, mas a mim faz bem deixar sair esta amargura de tempos a tempos, caso contrário, começo a sentir vontade de desistir... A dor física dá cabo da cabeça de uma pessoa!
Estou extremamente cansada. A mama parece uma pedra. O braço pesa-me e dói do ombro até à mão, o stress causado pelos alunos, o frio e as emoções pioram tudo...
Ai, desaparecer, desaparecer!...

21 comentários:

maguie disse...

Guida minha querida desabafa á vontade todas nós estamos aqui para compartilhar as nossas dores é para isso que serve os nossos blogs para desabafar e nos ajudar-mos umas ás outras, as dores fisica não podemos fazer nada, mas as dores na alma com um miminho, uma palavra amiga ajuda e muito
desejo as melhoras e que essa malvada dor desapareça rápido

um grande beijinho
boa noite e dorme com os anjos
..
ps.e o almocinho do dia 16 ???? ;)

..

Graça disse...

Desistir??
Nem penses Palhota!!, essa palavra não faz parte do nosso dicionário!! A malta está aqui para ouvir tudo o que quiseres desabafar. Toma tudo o que for preciso, para não teres dores, mas arrebita SFF.
Beijinhos.

Pedro disse...

Talvez seja bom voltar à fisioterapia. Pelo menos ajuda a começar a disciplinar. Havemos de pensar nisso!

2 beijos bem apertadinhos (que nem a sensação dos tais 6 nº abaixo e duas letras de copa)

Lina Querubim disse...

Guida boa noite, este tempo não ajuda mesmo nada :o( tenho andado aflita das articulações, doí a mama no local da cirurgia, este ano tive ZONA tb se queixa enfim...mas temos que andar para a frente!
Os Drs recomendão ben-u-ron mas aquilo não faz nada...eu lá vou tomando ainda á pouco tomei!
Mas...quando aperta tomo Brufen 400 ou 600 não lembro...são em pó por causa do meu estômago.
Aguenta Guida, Lina, etc...de certeza que muitas mais de nós estamos assim!
Deixo-te um beijinho grande e que consigas dormir bem :o) fica com os Anjos!!!

Cristina Simões disse...

afffffffffff eu perceboi bem ou vc pediu desculpas por desabafar????''eita.....imagina amiga vc pode simmmmm e deve expor seus problemas,isso faz um bem enormeeeeee,olha querida eu falo por mim...ainda tenho o expansor....e como fiz radioterapia nana da teta esticar....risos..ja perdi a conta de quantas vezes eu enchi o expansor,na ultima consulta o medico me veio com a Hipotese de fazer cirurgia usando a dorsal ou a pele da barriga...sabe que eu disse.nem pensar....arranca o expansor e fico sem nada,,afinal eu e minha mama postiça ja temos um caso de amor.dia 10 de novembro faz um ano que nos conhecemos.he..he..he....
mas amiga dor,não sinto não........até me esqueço que tenho expansor....mas que seu médico te diz????
amiga se pudesse tirava sua dor com minhas mãos.......mas posso oferecer meu carinho amizade e amor...amiga se vem pro almoço né....vai ser bom pra voc~e...venha espairecer....beijinho doce...
da mana Cris

Anónimo disse...

Bem...esse foi um grito de dor, tão audível que o ouvi aqui no Algarve...
Nem sei que te diga mas, acho que só nas mudanças de tempo é que deverás ter essas dores...Logo que o clima "estacione" no "seu tempo" terás alívio, acredita!
Eu só coloquei expansor e, a mestria do meu cirurgião (sei que se deve a ele, pois a anestesista é minha amiga)ter-me-á permitido não ter tantas dores, como muitas de vocês. Por isso é que, sinto-me tão bem - fiz mastectomia total e não fiquei com quase pele nenhuma - eram 3 tumores bem grandes - levar-me-à, na reconstrução, a ter que ir buscar pele a outras zonas. Como já deves saber, fiz radio duas vezes, 32 na mama que tirei e 25 na outra, a que ficou e que eu cuido muito bem cuidada...
Quando vos oiço dizer que têm dores...e eu não, com expansor e radio em cima dele, sinceramente....adio a reconstrução...sinto-me bem e até já me habituei à mama que não tenho!
Guida, as dores são da instabilidade do clima, não vão assentar arraiais...Hás-de falar com a Cinda no almoço de 16 e pede-lhe para ela te mostrar a reconstrução dela...está fabulosa!!!
Um grande beijinho
TeresaM

Teresa disse...

Querida Guida, espero que já te sintas melhor, como diz a TM a mudança do tempo não são amigas das nossas mazelas, mas isso passa.

Desabafa sempre, nós estamos cá para ajudar, mas não te vou mentir, esse desabafo tem custos. Quando vieres almoçar vão-te obrigar a ver as mamas todas de toda a gente, é uma vergonha, andam sempre de camisola para cima e mamas ao léu. Ai, ai, eu se fosse a ti tinha cuidado com elas. A Cinda, então...

Beijocas, amiga, marca lá o dia 16 na agenda!

angelina disse...

Um beijinho grande
minha linda
angelina

IsaLenca disse...

Guida, este cantinho é teu para poderes desabafar à vontade!
Desisitir nunca! Quem já passou por tanto vai conseguir mir em frente e ultrapassar esta fase final. E as mudanças do clima sentem-se em tudo o que é costura,. músculo, ossos....

Se ajudar nalguma coisa aqui vai um beijinho.

acácia rubra disse...

Às vezes são só fases.

A tua mudança de vida foi radical pois da calma passaste a estar mais sujeita às variações do clima, ao stress das aulas, às viagens diárias, ao peso da pasta, etc.etc.

Não desanimes. Isso vai passar.

Beijo

Natália disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Guida Palhota disse...

Maguie:
Só convosco me estou a habituar que os blogues tenham esta função calorosa, eu, que tenho seis blogues, que fui alimentando durante a baixa por doença...
O que sinto agora convosco é totalmente diferente e por vezes ainda me parece que vos venho incomodar com os meus problemas, com a tristeza ou as dores, que não devia sentir, porque eu devia era ser super...
O que sinto convosco é um conforto tão inesperado, que ainda nem estou habituada, mas cada vez que vocês respondem em bloco ao meu "chamamento", eu desfaço-me em lágrimas de emoção, por perceber que ainda há quem tenha tempo para me dedicar algumas palavras doces, que ainda há quem não me tenha abandonado por achar que o pior já eu passei...

Graça:
Vou arrancar a página onde aparece essa palavra, porque a verdade é que, às vezes, cruzo-me com ela... Mas sei que tenho de virar a cara se a vir, pois sei. Prometo-te que tentarei.

Pedro:
Claro. O exercício específico está a fazer-me falta, mas tenho de confessar uma certa revolta contra o facto de ter de me exercitar diariamente até ao fim dos meus dias, algo que me custa, e ainda por cima, tudo à minha volta ser trabalho desprazeroso (sei lá se a palavra existe!). Não tenho tido reforços positivos a não ser os teus, os das minhas amigas guerreiras... Os alunos, que são a razão do meu trabalho, só me moem a paciência; os colegas são outros e calados... Etc.

Lina:
Bem me parece que a mudança de tempo fez das suas forte e feio! E eu também fui ao <brufen 400, ai não! É anti-inflamatório, mas isso até é bom! E às vezes também vai o 600, como quando tinha dores do período. Mas, sabes, o organismo já está tão habituado a estes medicamentos que não se sente muito abalado, e as dores só se aligeiram um bocadito.
Hás-de contar-me isso da zona, que sei pouco sobre o assunto. Talvez no almoço. E lá vamos nós para a frente, como tu dizes...

Cris:
Isso é o que se quer - não sentir dor! A dor dá-nos cabo da cabeça. Os meus médicos não me dizem nada. Parece que, como cada caso é um caso, cada uma de nós tem de aguentar aquilo que lhe calha... (?!)
Espero não estar a desanimar ninguém com as minhas queixas, porque isto é mesmo assim: cada uma reage de maneira diferente e também tem um historial distinto.

Teresa:
Ai, Teresa, quem me dera ter conhecido esse mestre cirurgião. És uma sortuda, mulher. Gosto de saber que não tens dor, porque eu às vezes digo que quando tinha cá o bicho não me doía nada e agora, que mo tiraram, é que me deixaram doente...
Sinto-te sempre muito serena e gostava de me sentir assim, até porque os meus filhos ainda precisam de uma mãe serena, não de uma irritada com a vida... Tenho feito um esforço, mas às vezes é difícil, especialmente por ser professora. Depois da doença, sinto-e menos tolerante à indisciplina e ainda não encontrei maneira de me equilibrar quanto a isso. E, por isso, a mama também dói mais.

TPLindona:
Não há problema de mostrar as mamocas, desde que não seja em público, na rua, aos senhores do restaurante ou assim...claro! O rasto faz parte do nosso mundo misterioso!!!

Angelina:
Também vou ver-te por lá? Espero que sim. Obrigada pelo beijinho.

Isalenca:
Beijinhos de conforto nunca são de mais. Obrigada pelo teu que voou até mim e me soube bem.

Muitos beijos a todos

Obrigada por estarem aí atrás dos panos ;-)

Rute disse...

Guida:

Tens aqui umas amigas espetaculares!
Imagino o que sentes com essa dor já de tão longa duração. Mas como alguém já disse aqui, tu és uma guerreira e vais acabar por sair vencedora. No entretanto vai desabafando sempre que tiveres vontade

1 beijo e um abraço apertadinho

sonia disse...

Boa tarde Guida,

Percebo muito bem o que dizes,
a dor nos ossos por vezes tb passa aqui,principalmente depois de várias sessões de radioterapia!
Em relação á mamoca,entendo porque uma amiga minha tb aconteceu-lhe isso,em vez de tirarem a pele doutro local,acharam boa ideia puxarem,puxarem,e ela já não aguentava com dores e parecia uma velhinha a andar!!Para ela foi muito mais dificil a reconstrução...e depois acabou por tirar!
Mas,talvez porque o tempo mudou...e logo o nosso humor tb!!
E,uma sessão de reiki!??
Eu faço algumas vezes e ajuda-me imenso...e farto-me de dormir,eheh

Beijinhos cheios de energia

Guida Palhota disse...

Rute:
É muito bom ler-te por aqui, onde tenho, de facto, umas amigas verdadeiramente extraordinárias. Tenho aprendido com elas a ser mais forte e mais resignada e tenho-me surpreendido repetidamente, quase até à minha vergonha, com a capacidade que todas têm de prontamente responder aos apelos de qualquer uma.

Guida Palhota disse...

Rute:
Voltei para te dizer que apareças mais vezes (se quiseres, claro), pois és bem vinda e isso sabe-me bem.

Guida Palhota disse...

Sónia:
Já me tinham falado do reiki. Não será nada má ideia experientar. o sofrimento leva-nos a todas. Penso que lá irei e depois te direi.

Gatapininha disse...

Olá Guida
Porque não experimentas a sugestão da Sónia? Não custa nada tentar, eu já fiz acupunctura para as dores e ao fim de 3 sessões já me sentia melhor.
Quanto ao trabalho, infelizmente temos que fazer horário completo, se por um lado estamos cheias de vontade de trabalhar, por outro lado não estamos a 100%. Eu abusei dos pesos e tive bastantes dores por causa da radio. Nada de carregar livros de ponto e afins.
Eu agora levo o mínimo para as aulas. Tive que comprar um EPC com 1kg, pois não podia com o outro e só uso nas salas com projector. Nas outras, temos pena. Avisei logo a minha coordenadora que não ia prejudicar a minha saúde.

jokas e as melhoras rápidas

Cristina Simões disse...

sniffffffff emociona-me mesmo esse carinho todo.....que bom amiga que não desisttiu do blog.....
Com certeza vai termontes de mamas pra vc conhecer..kkkkkkk
eu vi a reconstrução da menina Cinda ficou lindonaaaaaaaaaaa...
depois te dou o meu numero...ok?
beijinhos.
Da-me o seu também assim não te perdes.lollllllll...
se achares melhor me manda por e-mail
borges.simoes@netcabo.pt

Marcia disse...

Guida maninha,te compreendo tão bem.
Faz 5 meses que coloquei silicones,a que fiz a rádio,tenho dores,e são constantes,e quando o clima muda,é pior.
Não sei se isso de sentir essa dor é para sempre,minhas mamas ficaram bonitas,já mostrei á Maguie e a Cris,mas essa dor...
Sei que os exercícios especificos ajudam na musculatura,não tomo remédios,vou aguentando e pensando em outras coisas,e assim vou levando.
Força,maninha,e vai daqui um miminho paraumacompanheiraquesentedorescomoeu!
Mas desanimar...jamais!
beijins
Fica com Deus e com os anjinhos

alfa disse...

Guida, fico contente em saber que arranjaste por aqui amigas que te ajudam e acompanham porque entendem algumas delas melhor que ninguém a dor que sentes em determinados momentos....eu tb aqui passo para ver como andas. Uma beijoca enorme e dois abraços cheios de força e energia positiva. bjinhos