Dedico e dirijo este blogue a todos aqueles que tiverem passado (ou estiverem a passar) por histórias de cancros, quer como protagonistas, quer no papel de acompanhantes na luta contra a doença, mas espero por cá encontrar qualquer contributo que qualquer um considere válido.
A intenção principal é trocar experiências de forma direta e sincera, sem necessidade de qualquer apoio no escudo da força constante e do pensamento sempre positivo, que tantas vezes não estão presentes, mas parece haver uma imposição social para que assim seja...
Sejam bem-vindos! E divulguem este blogue!

Por aqui, discorre-se sobre:

... Acompanhamento Psicológico Ajudar quem Ajuda Alertas Alimentação Alopécia Antes e Depois Aquisições autoestima Brincadeira Cancro da Mama nos Homens Cansaço Chamar os bois pelos nomes Cirurgias Cirurgias de Amigas Codependência Coisificação nas Doenças Prolongadas Complicações Pós-operatórias Consultas Conviver Cumplicidade Dar / Receber a Notícia Desafios Desânimo Desejos Desespero Despedida Diagnóstico Dicas Dieta Distinções Efeitos Secundários de Medicação Emagrecer Encontros de Amigas Esclarecimento Esperança Estilo de Vida Estímulos Exteriores Exames Pré-operatórios Exemplos Famosos Com Cancro Feminilidade Filosofia de Vida Pós Doença Fisioterapia Fracassos Gang da Mama histerectomia Histórias de Luta Hormonoterapia Hospitalizações Humor Implicações Psicológicas Incongruências Informação Lingerie Correta Lingerie Pós-Operatória Medos Meios Complementares de Diagnóstico Meios de Diagnóstico Menopausa Depois do Cancro da Mama Modos de ser Mudanças na Vida Natal Nova Normalidade Novas Amizades Novidades O Cancro em Pormenores O Cancro Não é Só uma Doença; é um conjunto de doenças O Cancro Não é Só uma Doença; é um conjunto de doenças; efeitos secundários da medicação Ocupação em Tempo de Baixa Os cancros dos amigos e familiares Palavras Alheias a Propósito do Propósito Parabéns Partilhar a Doença Perdas Pós-cirurgia Pós-operatórios Prazer em encontrar quem nos entende Prazeres Prevenção Prevenção de Recidivas Processo de Recuperação Projetos de Sensibilização Quimioterapia Radioterapia Rastreio do Cancro da Mama Reações Alheias Reações Pessoais Reconstrução Mamária Regresso à normalidade Regresso ao Trabalho Sentimentos negativos Sexualidade Sinais Sintomas Solidão Tamoxifeno Terapias Toque Tram Flap Tratamentos Verdade Verdadinha Vitórias Vontade de ter poder sobre a doença

riscos marcantes

riscos marcantes

NOTE BEM

No dia 11.1.11, este blogue passou a ser escrito à luz do Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa.

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Rosa Esperança - Projeto Mulheres e o Cancro da Mama

Rosa Esperança - no dia 21 de Maio, no Seixal, última representação desta temporada.


Neste espetáculo, a luta contra o cancro da mama é contada na primeira pessoa. De uma forma direta, sem rodeios e sem dramatismos, sete mulheres que viveram o cancro da mama “mostram” a sua experiência a um público que se deixa envolver ao ponto da identificação, quer se trate de outras mulheres, tendo ou não experimentado as batalhas referidas, quer se trate de companheiros de jornada, recordando horas de partilha de grandes dificuldades ou imaginando a possibilidade de terem de as partilhar.
O que fica na memória e na retina é a expressão viva e alegre destas sete guerreiras, que conseguem transmitir, de forma inesquecível, as duas principais mensagens da peça: é muito importante prevenir, pois, detetado a tempo, este cancro tem cura; é muito importante encarar a doença com espírito positivo, pois a cura alimenta-se de vontade de viver, espírito combativo e boa disposição de espírito.




(Ai os dentes! Eu luto agora contra a vontade enorme que alguns têm de se ir embora!)

4 comentários:

Cinda disse...

Então Guidinha!!!!Como foi essa consulta mo dentista? Como eu te entendo...
Se tivesse que fazer o que a Ana Sofia fez, não sei se seria capaz.
Beijocas grandes e um hiper, mega fim-de-semana.

Guida Palhota disse...

Então, Cinda? Olhem quem fala! Uma mulher de coragem como tu a dizer que não sabe... Ora essa!
Quanto ao dentista...ando num período mau, num tratamento “neverending”, para ver se não fico sem dois molares que estão implantados em duas infeções. Já estou farta de dores e de ouvir falar em pus!

BEIJOCAS
e cuida bem dos dentes!

alfa disse...

Um bem haja para todas, a quem este blog tem ajudado bastante, onde se ensina, onde se aprende também...bjinhos à autora

Guida Palhota disse...

Muito obrigada, Alfa! És muito querida!

UM BEIJO GRANDE