Dedico e dirijo este blogue a todos aqueles que tiverem passado (ou estiverem a passar) por histórias de cancros, quer como protagonistas, quer no papel de acompanhantes na luta contra a doença, mas espero por cá encontrar qualquer contributo que qualquer um considere válido.
A intenção principal é trocar experiências de forma direta e sincera, sem necessidade de qualquer apoio no escudo da força constante e do pensamento sempre positivo, que tantas vezes não estão presentes, mas parece haver uma imposição social para que assim seja...
Sejam bem-vindos! E divulguem este blogue!

Por aqui, discorre-se sobre:

... Acompanhamento Psicológico Ajudar quem Ajuda Alertas Alimentação Alopécia Antes e Depois Aquisições autoestima Brincadeira Cancro da Mama nos Homens Cansaço Chamar os bois pelos nomes Cirurgias Cirurgias de Amigas Codependência Coisificação nas Doenças Prolongadas Complicações Pós-operatórias Consultas Conviver Cumplicidade Dar / Receber a Notícia Desafios Desânimo Desejos Desespero Despedida Diagnóstico Dicas Dieta Distinções Efeitos Secundários de Medicação Emagrecer Encontros de Amigas Esclarecimento Esperança Estilo de Vida Estímulos Exteriores Exames Pré-operatórios Exemplos Famosos Com Cancro Feminilidade Filosofia de Vida Pós Doença Fisioterapia Fracassos Gang da Mama histerectomia Histórias de Luta Hormonoterapia Hospitalizações Humor Implicações Psicológicas Incongruências Informação Lingerie Correta Lingerie Pós-Operatória Medos Meios Complementares de Diagnóstico Meios de Diagnóstico Menopausa Depois do Cancro da Mama Modos de ser Mudanças na Vida Natal Nova Normalidade Novas Amizades Novidades O Cancro em Pormenores O Cancro Não é Só uma Doença; é um conjunto de doenças O Cancro Não é Só uma Doença; é um conjunto de doenças; efeitos secundários da medicação Ocupação em Tempo de Baixa Os cancros dos amigos e familiares Palavras Alheias a Propósito do Propósito Parabéns Partilhar a Doença Perdas Pós-cirurgia Pós-operatórios Prazer em encontrar quem nos entende Prazeres Prevenção Prevenção de Recidivas Processo de Recuperação Projetos de Sensibilização Quimioterapia Radioterapia Rastreio do Cancro da Mama Reações Alheias Reações Pessoais Reconstrução Mamária Regresso à normalidade Regresso ao Trabalho Sentimentos negativos Sexualidade Sinais Sintomas Solidão Tamoxifeno Terapias Toque Tram Flap Tratamentos Verdade Verdadinha Vitórias Vontade de ter poder sobre a doença

riscos marcantes

riscos marcantes

NOTE BEM

No dia 11.1.11, este blogue passou a ser escrito à luz do Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Em desespero!




Vou à procura de mim! Sozinha. Como tem de ser. Não me aguento mais. Nem aguento quem não me entende e quem me critica, quem me acusa de autocomiseração, de preguiça e de queixinhas (exclua-se toda a minha família nuclear deste rol!). E ainda: revolta-me que o facto de o meu marido fazer tudo por mim, porque me ama, deixe tantas mulheres cheias de inveja, ao ponto de me dizerem que eu estou é mal habituada, porque sempre tenho sido uma mimada, e que, se tivesse um marido diferente, já estaria boa há muito... Chegam a dizer que têm de vir falar com ele, para ele deixar de me mimar! Mas o que é que esta gente sabe da coisa?!... :(

Fiquem bem! Todos.

(Há pessoas que precisavam de experimentar certas coisas!...)

21 comentários:

Lina Querubim disse...

Beijinho Guida :) porque te preocupas tanto com o que os outros pensam?
Leva a tua vida e deixa-os falar!
Fica boa, tens o teu tempo e esse tem que ser respeitado!
Beijinhos

Guida Palhota disse...

Sabes, Lina, nas COMPARAÇÕES que as pessoas fazem, o 'meu tempo' é tempo de mais!... É o tempo de quem se aproveita... :(

Obrigada pelo teu beijinho e pelas palavras de incentivo.
*___*

Lina Querubim disse...

da nada! ;) imagino que não seja nada fácil olhar e não gostar do que se vê...eu por muito menos senti um pouco isso...só quem passa por isso sabe dar o real valor!
Beijinhos

Maguie disse...

Guida
apesar de nos termos desentendido quero que saibas que não gosto de te " ver" assim, sei que é dificil tudo isso que estás a passar, mas tenta ficar bem e esquece o que os outros pensam, pensa em ti que é o mais importante, acredita que um dia tudo vai passar
beijo

Anónimo disse...

Força Guida! Cada um sabe de si. Como ja te 'disse' esquece que essas pessoas existem, jokas gatapina

Guida Palhota disse...

Lina,

Não é nada fácil não gostar do que vejo, mas o problema é ainda bem mais complicado, pois envolve dor, impressão, peso, mal-estar...
Vamos ver como e quando acabará isto tudo, mas a "tolerância" da Junta Médica já está por pouco, o que quer dizer que terei de ir trabalhar, e isso será muito difícil... Enfim! Logo se vê.

Beijo Grande

Guida Palhota disse...

Maguie,

É bom ler-te por aqui.
Por mim, o desentendimento perdia-se no tempo e pronto. Tivemos ambas um dia mau e deu naquilo... é o que me parece, pois eu gosto de ti, miúda! Não faz sentido continuarmos de costas voltadas.
Obrigada por teres vindo dar-me uma força.
Fazemos as pazes? ;)
*___*

Guida Palhota disse...

Gatapininha,

Tu tens razão, eu tenho dependido demasiado da opinião dos outros sobre mim, e, com isso, tenho sofrido o que poderia ter evitado. Só que nem tudo é tão fácil de fazer como de dizer...
Penso, contudo, que, com certos afastamentos, estou a entrar num caminho melhor!

Beijoquinhas
*___*

Anónimo disse...

Força amiga..tenho a certeza que irás encontrar o teu caminho....e sempre que precisares aqui estarei...fica bem.. beijoquinhas - Ester

Maguie disse...

Claro que sim Guida, uma borracha sobre o assunto e fica tudo arrumado
um beijo

Guida Palhota disse...

Obrigada, Ester, por vires até aqui e pela tua preocupação constante.
Beijoquinhas
*___*

Guida Palhota disse...

Que bom, MAGUIE, já me sinto outra.

Beijo Grande
e amigas de novo

*___*

Natália disse...

O que posso dizer sobre estes comentários?

Simplesmente que gostei e que me emocionaram.
Afinal somos mesmo *****


Força Guida.
Beijinhos .

Natália disse...

*_____*




*_____*

Guida Palhota disse...

Querida Naná,

Hoje foi um dia daqueles..., sabes? Daqueles, pronto! Estrelado, mesmo!

Mil sorrisos, todos para ti, a esta hora. LOL

E um beijão

*___*

Helena Maria Santos disse...

Entendo-te tão bem ! Eu sei que nem sempre corre mal...mas ao saber da tua má experiência, eu fico com tanto medo de arriscar. O médico também me sugeriu o Tram. Ando para decidir quase há um mês.
Quero fazer mas tenho tanto medo que não corra bem e que fique com o corpo igualmente deformado, ainda que doutra maneira.
Coragem para ti. Um abraço grande.

\


E tens razão : Há dias Maus .
Uma semana , o melhor possivel.
Helena Maria Santosd

Guida Palhota disse...

Obrigada pelo teu carinho, Helena.

Eu conheço casos felizes de tram...
Pois é!...
Toda a sorte para ti! Toda!

Beijão

Maria disse...

Guida, como eu a entendo...
Aqui estou para enviar um abraço apertadinho.
O sofrimento leva-nos a seleccionar aqueles que realmente nos querem bem... os outros são somente conhecidos.
Acredito que a segunda etapa do TRAM vai colocar tudo no lugar. Também espero isso do TRAM que fiz à 2 semanas.
Que a paz e a alegria nos envolvam.
Conceição

Alda disse...

Guida, apoia-te no teu marido, nos teus filhos, nos teus pais, eles são os teus melhores amigos só querem o teu bem, os outros não interessam para nada...não ligues!
Tu és uma mulher linda, tens um marido que te ama e te dá apoio, uns filhos lindos, e tudo isso já uma razão muito grande para lutares...
Os organismos reagem todos de maneira diferente, e ainda estás em recuperação, vais ver que tudo se recompõe. Muita força!
Beijinho grande

Guida Palhota disse...

Olá, Conceição!

Não sabia que também tinha feito um tram. Peço desculpa, se foi distração minha, e desejo que tudo esteja a correr-lhe pelo melhor.
Obrigada pelas suas palavras, sempre tão aconchegantes.

Deixo-lhe um beijo cheio de carinho
e espero, para si, toda a sorte do mundo.

*___*

Guida Palhota disse...

Ai os danados dos organismos, Aldinha!...:(
Mas eu vou lá chegar! Ah, vou, vou!
Obrigada pelas tuas palavras de incentivo.
Espero que tudo esteja a correr bem contigo, se possível, que já andes até toda fresca... (não tenho sabido de ti por outras vias...)

Beijoca Grandalhona

*___*