Dedico e dirijo este blogue a todos aqueles que tiverem passado (ou estiverem a passar) por histórias de cancros, quer como protagonistas, quer no papel de acompanhantes na luta contra a doença, mas espero por cá encontrar qualquer contributo que qualquer um considere válido.
A intenção principal é trocar experiências de forma direta e sincera, sem necessidade de qualquer apoio no escudo da força constante e do pensamento sempre positivo, que tantas vezes não estão presentes, mas parece haver uma imposição social para que assim seja...
Sejam bem-vindos! E divulguem este blogue!

Por aqui, discorre-se sobre:

... Acompanhamento Psicológico Ajudar quem Ajuda Alertas Alimentação Alopécia Antes e Depois Aquisições autoestima Brincadeira Cancro da Mama nos Homens Cansaço Chamar os bois pelos nomes Cirurgias Cirurgias de Amigas Codependência Coisificação nas Doenças Prolongadas Complicações Pós-operatórias Consultas Conviver Cumplicidade Dar / Receber a Notícia Desafios Desânimo Desejos Desespero Despedida Diagnóstico Dicas Dieta Distinções Efeitos Secundários de Medicação Emagrecer Encontros de Amigas Esclarecimento Esperança Estilo de Vida Estímulos Exteriores Exames Pré-operatórios Exemplos Famosos Com Cancro Feminilidade Filosofia de Vida Pós Doença Fisioterapia Fracassos Gang da Mama histerectomia Histórias de Luta Hormonoterapia Hospitalizações Humor Implicações Psicológicas Incongruências Informação Lingerie Correta Lingerie Pós-Operatória Medos Meios Complementares de Diagnóstico Meios de Diagnóstico Menopausa Depois do Cancro da Mama Modos de ser Mudanças na Vida Natal Nova Normalidade Novas Amizades Novidades O Cancro em Pormenores O Cancro Não é Só uma Doença; é um conjunto de doenças O Cancro Não é Só uma Doença; é um conjunto de doenças; efeitos secundários da medicação Ocupação em Tempo de Baixa Os cancros dos amigos e familiares Palavras Alheias a Propósito do Propósito Parabéns Partilhar a Doença Perdas Pós-cirurgia Pós-operatórios Prazer em encontrar quem nos entende Prazeres Prevenção Prevenção de Recidivas Processo de Recuperação Projetos de Sensibilização Quimioterapia Radioterapia Rastreio do Cancro da Mama Reações Alheias Reações Pessoais Reconstrução Mamária Regresso à normalidade Regresso ao Trabalho Sentimentos negativos Sexualidade Sinais Sintomas Solidão Tamoxifeno Terapias Toque Tram Flap Tratamentos Verdade Verdadinha Vitórias Vontade de ter poder sobre a doença

riscos marcantes

riscos marcantes

NOTE BEM

No dia 11.1.11, este blogue passou a ser escrito à luz do Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa.

sábado, 17 de julho de 2010

Depressão Pós-Cancro


Tenho quarenta e seis anos e nada de tão mau me aconteceu na vida como a depressão pós-cancro. E no cancro tive a atenção, o cuidado e o mimo de muitos; na depressão, foi mais a intolerância...

41 comentários:

Cristina Simões disse...

Amiga ...choquei com o que você escreveu...PURA REALIDADE:....quando o assunto é depressão....infelizmente nem todos entendem ou apoiam...bem posso falar muito sobre o assunto...não tenho...não tive depressão.....claro tive alguma tristeza....mas nada além....mas entendo perfeitamente quem passe....pela depressão...sei lá acho que minha vida tava tão centrada nas crianças,em continuar a VIDA dentro da possivel normalidade .Tive sempre apoio do maridão (isso conta imenso) também um grande suporte espiritual....mas o que penso é que quem tenha...não se esconda ainda mais...procurem ajuda médica...eu penso assim....uai quando a gente ta com gripe não toma remédio????então depressão também ...toma remédio...creio que os médicos existem pra isso mesmo pra nos ajudar...
Amiga divulguei seu blog atraves do meu...espero que não se importe....
beijos e fica com Deus

Natália disse...

Conheço este problema muito bem,parece mentira mas no dia que acabei o herceptin cai numa depressão terrivel,já a tinha,mas piorou muito a partir desse dia,sou acompanhada em psiquiatria e psicologia,já estou a diminuir a medicaç
ao e neste momento sinto-me muito bem.
Beijinho

Deixei comentário na mensagem anterior

Cinda disse...

Olá Guida. Se assim me permite.
Vim encontrar este cantinho, pela mão da Natália "Estrelinha Só".
Também eu tive cancro da mama há quatro anos e ainda ando em processo de reconstrução. Sei bem o que é tudo isso e quanto nos fica cádentro e nos transforma numa outra pessoa. Sei o estado depressivo,´a tentativa de enganar quem nos rodeia enganando-nos a nós mesmas. Mas também aprendi que a vida vale muito mais do que por aí apregoam e os dias são para ser vividos um após o outro com toda a intensidade que nos for na alma.
Um grande beijo e vou continuar a passar por aqui.
Cinda

Lina Querubim disse...

Olá Guida, boa noite!
Vim pelo blog da Natália e pode contar com mais uma Guerreira :o) sei do que fala mas no meu caso começou antes de ter cancro. Ou seja fiquei depressiva por outros motivos e só depois é que soube que tinha o bicho...mas ainda faço medicação desde á 3 anos para cá. Imagino que por isso não senti a depressão pós-cancro porque já estava medicada.
Beijinhos fique com os Anjos e vou voltar ;o)

Guida Palhota disse...

Olá, Cristina:
Fico feliz por teres aparecido.
A minha depressão só me apareceu no segundo ano, já depois de três operações, da quimio, da careca, da radioterapia... Sempre tive o apoio de todos, mas quando todos saíram para ir para a escola e eu fiquei em casa, a recuperar da dor que o músculo peitoral pressionando a prótese, depois da radioterapia, me provocava, tornou-me numa solitária de dias inteiros, como se de um jarrão decorativo se tratasse, ainda por cima sem ninguém para o admirar. E eu passei a sair para a gidroginástica, a fisioterapia e todo o tipo de consultas, nada mais. Todo o mundo estava, naturalmente, ocupado, e eu fui ficando sem vontade de viver assim...
Por isso, teve de vir a psiquiatria e a psicologia... e já estamos na fase da melhoria, mas foi tudo muito difícil.
Conto contigo, Cristina.

Um beijo

Guida Palhota disse...

Natália:
Ainda bem que isso já vai em fase de subida, porque enquanto estamos a descer, só quem já passou por isso pode imaginar e é algo que não se deseja a ninguém.
Arrebitemos, Natália!
Obrigada por me vires dar força.

Um beijo

Guida Palhota disse...

Olá, Cinda.
Venha lá esse tratamento por tu.
Estou radiante por este dia em que, finalmente, consegui encontrar mulheres que, por força das circunstâncias, sabem mais de mamas do que outras...
Eu sinto-me num período de transição. Sei que serei outra, em breve, espero que melhor do que aquela que era antes. Tudo isto nos transforma mais rapidamente do que se nada nos tivesse acontecido - parece-me.
Boa sorte para ti, Cinda. Vemo-nos por aqui.

Um beijo

Guida Palhota disse...

Lina Querubim:
Sua sortuda. Livraste-te de boa. Também porque é que havemos de ter tudo de rajada, não é?
Desejo-te boa sorte e continuação de visitas por aqui.
Obrigada por teres aparecido.
Hoje para mim é um dia especial: o dia das minhas companheiras guerreiras.

beijos

maguie disse...

Ola Guida

eu sou mais uma deste rol de mulherada doida heheh, vim através do Bolg da Cristina, e venho desejar as boas vindas( infelismente pelo pior motivo) ao grupo de guerreiras, vou tratar-te por tu temos a mesma idade e o mesmo nome lollll, dispõe eu tambem tenho cancro de mama , ainda ando em tratamento com o Herceptim, qualquer coisa estou ao dispor
beijinhos
Maguie
..

Guida Palhota disse...

Olá, Maquie!
Obrigada pelas boas vindas.
É curioso que já não és a primeira a falar de um medicamento que eu não conheço. Eu, neste momento, estou no período de cinco anos a tomar Tamoxifeno, para a inibição da produção de estrogénios. Vocês sabem alguma coisa disso?

Um beijo grande

Teresa disse...

Olá, Guida, cá está mais uma das Guerreiras, sou uma das Teresas, a Pais, ainda vai aparecer outra... Nós sabemos tudo sobre Tamoxifeno, expansores, marcadores tumorais, depressões e muito mais coisas, somos praticamente médicas, psicólogas e psiquiatras, disso não duvides.
Eu tomei o tamoxifeno mas infelizmente não resultou e tive de voltar à quimio para a seguir passar a outro inibidor hormonal. Ando nestas andanças há dois anos e muitos mais vou ficar porque a gente aqui não se deixa vencer facilmente. E quando nos vamos abaixo, vem logo um monte de gente estragar esses planos e obrigam-nos, imagina, a ficarmos felizes.

Vejo que moras em Viseu, é uma cidade querida para mim, a minha família paterna é de Canas de Senhorim. Dizem que encontro família em todo o lado, temos de estudar o assunto, e ainda vamos encontrar algum ponto de contacto.

Beijinhos, Guida, tudo de bom.
TeresaP

Natália disse...

Guida
Este grupo que aqui te veio visitar hoje somos todas muito amigas ,somos de varios pontos do pais,mas já nos conhecemos todas pessoalmente,de vez em quando fazemos uns almoços,não para falarmos de doenças (se for necessario também se fala)mas divertimos-nos muito,somos muito alegres e costumamos dizer fomos escolhidas a dedo.
Somos todas por uma e uma por todas,quando algumas está num dia menos bom,lá estamos todas a ajudar,quando uma tem uma noticia boa lá estamos a festejar,é assim que funcionamos nos nossos blogues.
Quato ao tamoxifeno todas tomam as que ainda não estão na menopausa,eu como estava já com a menopausa por ter tirado o utero,tomo aromasin,mas é o mesmo ,tomo durante 5 anos também.
O herceptin algumas de nós tivemos que fazer é para outro tipo de cancro o HER2+ ,é um tratamento de prevenção que se faz a seguir á quimio durante um ano de 3 em 3 semanas,faz-se tal e qual como a quimio,só que já não faz cair o cabelo,nem dá aqueles sintomas da quimio,dá é muito cansaço.
Mas vamos falando e vamos trocando mais informações.
Podes crer que vieste conhecer um grupo de Guerreiras espectacular.
Beijinhos e boa noite.

Guida Palhota disse...

Olá, Teresa Pais.
Hoje é, sem sombra de dúvida, um dia em cheio para mim. Sinto que vocês devem estar a chegar no tempo certo, ainda não sei bem porquê, mas deve ser isso, pois já senti tanto a vossa falta e agora aparecem-me todas no mesmo dia.
Boa, Teresa. Gostei que chegasses. Obrigada. Havemos de nos encontrar.

Um beijo

Gatapininha disse...

Olá Guida
Vim cá parar através da Estrelinha Natália.
Até agora consegui sobreviver à depressão, mas creio que tudo se deve ao facto de ter começado logo a trabalhar. Assim mantenho os neurónios ocupados e nem tenho tempo para pensar.
No entanto, tal como as meninas disseram,depressão não se deve ignorar. Quanto mais depressa se pede ajuda, melhor.

jokas

Guida Palhota disse...

Obrigada, Natália. Este é, decididamente, um dia de sorte como há muito tempo não tinha um. Um dia de surpresas ininterruptas que perfazem uma grande surpresa deliciosa.
Grata pela tua explicação. Vou gostar de vos conhecer pessoalmente, um dia. Não sei como costumam fazer, mas até pode ser aqui em minha casa.

beijinhos

Guida Palhota disse...

Olá, Gatapininha!
Tens toda a razão. Eu tentei trabalhar no primeiro Setembro a seguir a operações e tratamentos (sou professora), mas a radioterapia sobre o peitoral passado para a frente no processo de reconstrução provocava-me muitas dores, que se agravavam com o stress da docência. Não consegui e voltei para casa. E isso levou-me a um profundo estado de solidão, apesar de ser mãe de quatro crianças felizes e de ter um marido espectacular, que... todos os diass saíam de manhã e volatavam ao fim da tarde! São muitos pormenores...
Obrigada, um beijo e até já...

Natália disse...

Guida cá estou mais uma vez
Só para te dizer que também a Gatapininha(Sandra)é professora e temos mais professoras,temos aqui todas as profissões juristas jornalistas donas de casa,arquitetas,depois vais conhecendo,temos menssenger,vamos falando umas com as outras,também estamos todas no facebook,onde vamos conversando diariamente e brincando muito para nos distrairmos e podes crer para a depressão não há nada melhor que estas conversas e estas brincadeiras.
Os almoços costumam ser em restaurantes,o ultimo foi na expo em Lisboa e fizemos um pic nic na Foz do Arelho,também fomos a Rio Maior onde um grupo de amigas faz uma peça de teatro chamada Rosa Esperança,quando tiveres tempo dá uma volta pelo meu blog e vais ver fotos destes encontros e vês como somos divertidas.

Graça disse...

Olá Guida
Eu também não podia deixar de entrar no teu mundo. Faço parte deste grupo espectacular de guerreiras, que tal como já foi dito, somos "uma por todas e todas por uma", vais ver que daqui em diante te vais sentir em família, e podes começar a dizer adeus à depressão.
beijinho

Cristina Simões disse...

olá mais uma vez.......então amiga viuuuu nós somos uma mulherada hiper-super amiga.....foi só falar do teu blog e apareceu a mulherada...olha sabe como fazia no inicio do meu blog?visitava e deixava recadinhos...ai fui tendo mais e mais seguidoras....assim fizemos grande amizade ,e como a natalia ja te contou de vez em quando
nos encontramos para um almoço e ai vc pode imaginar......MULHERADA REUNIDA.......ja viu no que dá.....kkk
Querida seja bem vinda ao grupo.
Tenho comigo uma frase......que vivo intensamente...(antes não era assim...)
VIVA UM DIA DE CADA VEZ!!!!

vemo-nos por aqui....

angelina disse...

bom dia Guida
eu sou a angelina amiga do coração de estas lutadoras todas.
eu estou na França e graças a minhas amigas tenho uma familia enorme em portugal.
um beijinho

IsaLenca disse...

Olá. Vim também através da Natália. Eu nunca tive cancro mas convivi muito de perto com ele. Através do Blogue da minha Amiga Cláudia (SuperGlamorosas) que já partiu há 3 anos, fomos criando uma cadeia de amigas virtuai e agora, muitas delas já pessoalmente- como disse a Natália. O nosso lema é mesmo "Uma por todas e Todas por Uma".
Somos todas um conjunto de mulheres diferentes mas unidas - Grupo das Amigas do Peito e do Coração.

És de uma linda cidade que conheço bem (a minha irmã nasceu em Viseu), tenho aí família também. Este Portugal é tão pequenino que ainda podemos conhecer alguém em comum- não me admiro nada.

Muita Força e... és mais uma Guerreira que irá, a partir de agora, ter a visita deste grupo de amigas. Bjs

Lina Querubim disse...

Pronto Guida!!!!!!!!!!!
Acabou o teu sossego estas melgas nunca mais te vão largar ;o) tal como a Maguie diz eu tb te vou tratar por tu. Até porque sou mais velha embora não pareça idade que tenho ihihihihihhi como vês somos muitas e unidas!
Tem um bom domingo e manda para fora o que vai na Alma que nós emprestamos o nosso ombro e ainda te damos conselhos gratuítos :o) beijokas

Guida Palhota disse...

Olá, Graça!
Obrigada por teres aparecido. Já levantei a mão para o adeus... LOL

beijo

Guida Palhota disse...

Olá, Angelina!
Obrigada por vires ter comigo.
É da França que me escreves? Agora as distâncias não interessam, não é?

Uma beijoca

Guida Palhota disse...

Olá, IsaLenca!
Ainda nos havemos de encontrar aqui em Viseu. Já estou com sonhos na cabeça...
Obrigada por me achares benvinda. Já estou a sentir-me muito bem.

beijinhos

Natália disse...

Olá Guida
Um bom resto de domingo e uma boa semana.
Como as meninas dizem,agora vais ter de nos aturar,ainda falta aqui a Nossa brasileirinha Márcia,mora no Brasil,meio doidinha mas muito querida por todas.
Beijinhos

Cristina Simões disse...

Onte,....(hoje) aff quando dei conta era mais de quatro da manhã...que fazia eu????fuçava (no bom sentido) seu blog ...desde o inicio,,,li tudo......menina ADOREIIIIIIIII....olha tens umas coisas que posso roubar no seu blog?
amiga como fizeste no meu ,quando visitares os blogs clica em seguir....assim todos os dias ficas a saber o que as doidas andam a publicar....,,,ja reparaste sou brasileira,casei com um Português,tenho duas filhas de 10 e 6 anos sendo uma delas uma criança especial...
Grande beijo

alfa disse...

Guida, foi impossível ver esta manifestação (manif) de solidariedade sem derramar uma lágrima, ao mesmo tempo ouvia Yes- Soon, porque estou viciada nesta música. Fico muito feliz por ti Guida, sinceramente...apareceram guerreiras de todos os lados, foi fantástico...se precisarem de alguma coisa da minha parte, para limpar as armas por exemplo, digam tb eu estou aqui para ajudar. Vivam as Guerreiras e a Guidarreiras.bjs

Guida Palhota disse...

Cristina:
Estás à vontade. Eu publico e publicar é 'tornar público'. Portanto, és bem vinda para te servires. Fico até feliz por gostares do que aqui tenho a ponto de o achares interessante para usar. Se for texto, diz só que o "levaste de cá".

beijo grande

Guida Palhota disse...

Realmente, Alfa. Tens toda a razão. Hoje é um dia especial. Não faço ideia por que razão foi hoje, mas foi, e isso é que interessa. Senti que algo de bom se virou para mim...

um beijo especial
para ti

Alda disse...

Olá Guida,
Foi o apelo da Cristina que me trouxe aqui!
Também faço parte deste grupo de guerreiras, tive cancro da mama está a fazer 4 anos, mas estou bem Graças a Deus! Em Agosto é mês de exames e consulta mas acredito que tudo vai estar bem!

Visite o meu blogue
http://viveroutravez.blogspot.com

Vou aparecer por aqui sempre que possível!

Beijinhos
Alda

Vera do sulll disse...

Olá Guida!
Sou do sul do Brasil e tive Ca de ovário. Hoje estou bem e assim você ficará tb. Descobri o teu blog através da Cristina , a qual estou seguindo recentemente.
CONFIANÇA e FÉ remédios ótimos para todas nós.
Tenha uma linda noite.

Anónimo disse...

Cheguei!
Mas não posso comentar enquanto não ler tudinho :0)
Chamam-me BandaErre, menina do cabelo escaranfunchado, mas não entendo porquê!Tive cancro há 2 anos, acabadinha de fazer 32.

Vou ler o blogue e depois volto.
Beijinho

Lina Querubim disse...

Guida a BandaÈrre é outra doidona mas como gosta de saber tudo ao promenor foi ler a tua história, é uma cusca e pêras ihiihihihi ei Menina Guida está na hora de mudar de post, que achas????
Beijokas e boa semana!!!

Cristina Simões disse...

olá....quer rir um pouco?então ve a reportagem do nosso último almoço..
aqui:
http://estrelinhaso.blogspot.com/2010/05/t
oda-verdade.html
beijos

Guida Palhota disse...

Vou pensar nisso. Tenho cá muita malta em casa. As férias ainda me ocupam mais... Mas nunca deixo de pensar nos blogues. Portanto, até já.

Guida Palhota disse...

Cristina:
Não consegui ver a reportagem.
O que se passará?

TeresaM disse...

Olá Guida
Sou a TeresaM, a Outra como eu e a Teresa Pais gostamos de nos apelidar. Adoeci em 2006, fiz mastectomia total, com 6 sessões de quimio e 32 de radio. Depois...quando me preparava para iniciar essa "viagem" pela reconstrução, quase 2 anos depois da primeira cirurgia, com expansor cheio mas que a falta de pele nunca permitiu encher grande coisa, recidivei, com gânglios na direita com metástases (sem lesão na mama...)e lá fui eu à faca, a que se seguiu mais uma dose de 6 quimios, 25 de radio e....agora nem me apetece pensar em reconstruções....vai passar mas...até lá, vou lendo as vossas experiências a ver se ganho o balanço necessário para passar por tudo isso.
Gostei muito do que li. O grupo vai se alargar e contar com mais uma grande Mulher, esta de Viseu. Já estou a trabalhar, desde Janeiro, a única forma que descobri para não ser a tal "jarra" de porcelana. Canso-me com muita facilidade, pois ainda estou a fazer herceptin (infelizmente tb eu sou HER+ o que significa ter umas células com a mania que são pilotos de fórmula1....
Um grande beijinho
A Outra Teresa

Guida Palhota disse...

Olá, Outra Teresa!
História em dose dupla já dá direito a estatuto de 'outra', de facto (estou a brincar).
Que bom que apareceste também por aqui. És uma valentona com muito para ensinar. Quero aprender muito convosco. Ultimamente tenho andado desanimada, mas não vou deixar que isto continue. Aparece sempre.

um beijo

Guida Palhota disse...

Olá, meninas Alda, Vera do Sulll e Banda Erre!
Sejam bem vindas à minha casinha cor-de-rosa e obrigada por me terem acolhido.
Vou contar convosco e espero que contem sempre comigo.

beijocas

Marcia disse...

Uia....estava esperando pela BandaÈrrre(Vanda Reis),para te parecer menos doidinha que ela e a Naná(Natália) juntas.
Guida,estou nesta tua fase,e haveremos de trocar figurinhas.
Ah! Sou a brasuca/japa/portuga,made in Brasil....lolll.
Vou ler a tua luta e depois comentar,tá?
Fique com Deus e com os anjinhos...beijinsss
àiiii....já comentei!